A figura de um(a) Diretor(a) Financeiro é peça-chave em qualquer empresa, por menor que ela seja. Mas o que leva à contratação de um profissional adequado ou não? Quais fatores deve-se considerar e valorizar antes dessa escolha?

Neste artigo, Miriam Huertas, Diretora da divisão de Finanças do PageGroup, detalha os conselhos necessários para uma seleção adequada e acertiva. Veja os principais pontos destacados pela executiva:

  • O valor agregado que um bom diretor ou diretora pode trazer é a capacidade de organização interna. Profissionais organizados irão permitir que a companhia tenha uma melhor catalogação e distribuição de suas tarefas e que, a qualquer momento, seja possível obter informações sobre o real estado financeiro e numérico dos setores;

  • A boa seleção garante uma negociação e relação adequadas com os fornecedores e instituições bancárias.O domínio das técnicas de negociação, conhecimento dos produtos financeiros e a empatia serão fundamentais para conseguir os melhores e mais eficientes serviços para a empresa, bem como uma tomada de decisão mais acertiva para o rendimento, funcionamento da corporação e gestão de risco;

  • A boa comunicação e a capacidade de interlocução são outras das caractrísticas mais importantes para a escolha da maior cargo financeiro dentro das empresas. Será importante transmitir informações ao Comitê de Direção para comunicar acertivamente as decisões e informar ao resto dos diretores os seus orçamentos, possíveis desvios e previsões;

  • A transmissão de informações com agilidade é outra atribuição muito necessária. Um bom Diretor(a) Financeiro deve ser transparente, apontar erros diante de qualquer incidente ou irregularidade e, também, ter a capacidade para se precaver e propor soluções, não somente informando os acontecimentos. Deve ser uma pessoa com capacidade de análise e que proponha ideias e soluções a curto, médio e longo prazo.

  • A confidencialidade é um aspecto inerente do cargo. Este aspecto não deve ser ignorado e é preciso ser levado em consideração no momento de decidir entre um candidato e outro. O Diretor Financeiro tem acesso à informação confidencial e sensível da companhia, por isso, é importante criar uma relação de confiança entre a direção da empresa e esta pessoa, que deve fazer um bom uso de toda esta informação e com respeito ao código de ética.

"Vimos que as 5 principais diferenças e fatores para se levar em conta no momento de selecionar um bom Diretor Financeiro são: a contratação de um bom perfil levará a uma melhor organização interna da empresa; garantirá negociações e relação com os fornecedores e instituições financeiras; irá melhorar a comunicação e a tomada de decisões; passará informações com clareza ao corpo diretor sobre possíveis problemas e respectivas soluções; e por último, e não menos importante, fará uso consciente e responsável de toda a informação a qual tem acesso."

Como saber se o perfil do candidato é o certo para a minha empresa?

Como falamos anteriormente, selecionar o candidato certo para o cargo financeiro de uma empresa depende de muitos fatores e avaliações comportamentais e de perfil.

Primeiramente, deve-se levar em conta o tamanho e o alcance geográfico da empresa, ou seja: é uma companhia nacional ou multinacional? É uma PME ou grande empresa?

Você viu como está o mercado na América Latina? Confira o Estudo Latam 2018

O segundo ponto a ser observar é o segmento e a atividade principal do negócio. Em terceiro lugar, é importante determinar se o este Diretor(a) Financeiro realizará uma gestão de equipe ou se ele será uma figura global única.

Uma vez determinados estes três pontos, é possível definir o escopo de trabalho e as características que este candidato deve ter e, em seguida, partir para a análise dos 5 habilidades/qualidades mencionadas. A contratação do perfil adequado que se adapte ao que é exigido pela empresa fará com que as metas e objetivos propostos sejam alcançados.

Além disso, é extremamente importante considerar que um diretor deve ser inovador em suas ações e decisões, alguém que sempre cuide do cumprimento das leis.

Concluindo, para que uma empresa tenha êxito, é interessante se manter em uma linha próspera por meio da aplicação de procedimentos efetivos e ágeis, garantindo uma boa relação com fornecedores e credores, com soluções a curto e longo prazo e visão de futuro.

Está em busca de novos desafios em sua carreita? Fale com os nossos consultores e viva o mercado atual.

Quer ter um grande talento no seu time? Veja mais detalhes.