Antes mesmo dos desafios enfrentados pelo isolamento social na crise global do COVID-19 neste ano, o PageGroup sempre conduziu processos seletivos de maneira online para as empresas clientes do serviço de Recruitment Process Outsourcing.

Modalidade terceirizada de recrutamento

“Com RPO nós atendemos tanto empresas que desejam terceirizar ou profissionalizar sua área de recrutamento e seleção em sua totalidade quanto empresas que já possuem sua estrutura interna e procuram um parceiro para atuar com maior volume de contratações”, explica Ariane Israel, Diretora da Page Outsourcing no Brasil.

No modelo de atuação full service, a Page Outsourcing entra com desenho de processos, equipe especializada e sistemas para assumir toda a operação de R&S. Quando a Page Outsourcing atua dentro da área de recrutamento da empresa para aumentar sua capacidade, nosso time se adapta à cultura e governança da organização. Nossa equipe é especialista no que faz e está preparada para atender a demanda de posições de alta complexidade para todas as áreas e setores, uma vez que se for necessário, contratamos especialistas do mercado e capacitamos em nossa metodologia PageGroup”, diz Ariane Israel.

Essa capacidade do time de Outsourcing de compreender o negócio e trabalhar em concordância com as políticas internas das empresas é um dos diferenciais mais prestigiados pelos clientes. Dárcio Stehling, VP de Pessoas e Cultura da PicPay, destaca sua experiência com os nossos serviços de RPO: “O time da Page é incrível e faz um trabalho excelente. É admirável sua dedicação e capacidade de se adaptar à nossa realidade. A Page Outsourcing nos ajudou em momentos muito delicados e agradecerei sempre. Espero que possamos cooperar novamente no futuro.”

A Page Outsourcing mapeia todos os processos e sistemas já existentes na companhia, estrutura e capacita a equipe que trabalhará dentro da estrutura do cliente. “Nós fazemos a gestão da performance desse time para entregar os resultados dentro dos SLAs e da governança contratada”, Ariane detalha.

Online: da atração à admissão do candidato

Os processos seletivos online são mais comuns em empresas que nasceram digitais e, por conta dos processos de transformação digital que as companhias estão passando, têm sido cada vez mais requisitados por todos os tipos de negócio e áreas. “Empresas e áreas de tecnologia estão mais habituadas com esse modelo remoto. Para ter uma ideia, em 2019, mais de 60% das posições fechadas em Page Outsourcing foram nas áreas de Tecnologia e Digital”, diz Ariane Israel.

No ciclo de recrutamento online, a Page Outsourcing se encarrega da atração, entrevistas, proposta, fechamento da vaga e suporte pré admissional, enquanto a empresa assume a admissão e o onboarding. Há muitas vantagens de conduzir todas as etapas a distância:

  • Produz-se mais em menos tempo
  • Otimiza-se o tempo do candidato e do gestor da vaga
  • Há mais velocidade da informação com resultados e feedbacks em tempo real
  • Maior disponibilidade das pessoas em participar dos processos online
  • Mais qualidade do tempo investido em todo o processo

“Como temos um processo virtual muito bem estruturado, com entrevista técnica e comportamental, fit cultural e ferramentas de assessment que complementam nossa avaliação, as empresas se sentem mais encorajadas a quebrar paradigmas e embarcar em uma seleção online junto com a gente”, conta.

É possível perceber esse sentimento de segurança vindo das empresas por meio da experiência do Willian Katayama, Gerente de Atração de Talentos da Vivo, que conta com o serviço de RPO da Page Outsourcing e também destacou os principais benefícios desse trabalho: “Com um time exclusivo e dedicado, o que é uma vantagem pois não concorre com outras atividades, a parceria com a Page faz com que tenhamos maior facilidade para entender e traduzir os projetos de grande volume e maior complexidade em estratégias e ações concretas”. O gerente também ressaltou que o RPO trouxe rapidez na organização da demanda, no alinhamento entre os envolvidos no projeto e nos reportes aos executivos, além de promover uma centralização de informações através de dashboards e de um líder 100% dedicado.

Inovação e desafios no processo seletivo online

Nossa jornada de recrutamento online é 100% virtual e intuitiva. “Temos o cuidado de fazer com que o candidato sinta que está aprendendo com a gente durante todo o processo. Ali já começa a jornada dele como um possível colaborador. Todo o contato com a marca da empresa é pensado assim como acontece na jornada do consumidor”, explica Ariane Israel.

O processo seletivo online da Page Outsourcing consiste nas seguintes etapas:

  • Kickoff com steckholders RH e gestores para aprofundamento na cultura, perfis e negócio do cliente
  • Envio de currículos em múltiplos formatos e filtros
  • Avaliações de conhecimento técnico e exames de proficiência em idiomas com resposta em tempo real
  • Entrevista em vídeo com o consultor da Page com feedback imediato
  • Entrevista em vídeo com o gestor da vaga dentro da empresa cliente
  • Aplicação de testes de personalidade, comportamento e potencial (Self Assessment)
  • Referências e checagem de documentos
  • Apresentação da proposta final para o candidato em vídeo.

“Hoje, nosso desafio é de nos mantermos sempre inovando, de trazermos cada vez mais elementos de gamificação e criarmos outras ações que promovam a troca de experiência e o aprendizado mútuo dentro dos processos seletivos. O online permite criar muitas oportunidades de experimentação”, destaca.

O recrutamento em um mundo conectado

Se estamos cada vez mais conectados, as políticas de trabalho remoto mais popularizadas, a certificação digital de documentos mais adotada e a educação a distância como primeira opção para muitos, por que o recrutamento estaria desconectado disso?

A inserção da tecnologia no ecossistema de RH permite diversificar aplicações e inovar. Em recrutamento e seleção, há cada vez mais softwares, ferramentas e sistemas que enriquecem a aquisição de talentos.

Vivemos na era dos dados, dos algoritmos, da inteligência artificial, que permitem que sejam conduzidos processos seletivos seguros e precisos às empresas e experiências personalizadas ao candidato - tudo tão eficiente quanto um processo presencial poderia ser.