“As empresas estão pensando cada vez mais no cliente, o que leva a uma preocupação maior com as estratégias e canais de marketing. Então, a cadeira de marketing está valorizada nas empresas, inclusive dentro do varejo”, explica Genis Fidelis, Gerente Executivo da Michael Page e Page Personnel.  

Devido aos dois últimos anos de pandemia, as operações de Digital foram aceleradas por conta da intensificação do comportamento de consumo nos ambientes online e da abertura ou aperfeiçoamento dos e-commerces das empresas, varejistas e até mesmo indústrias, que reinventaram seus canais de venda e relacionamento com clientes. O Gerente Executivo comenta: 

O comércio digital representava menos dentro do negócio e agora recebe uma atenção maior. Nos últimos dois anos, conduzimos muitos processos seletivos para posições de e-commerce. Já neste ano, o foco será em marketing para o varejo.

A omnicanalidade, baseada na experiência do consumidor em todos os pontos de atendimento e canais físicos e virtuais da empresa, coloca o cliente no centro da jornada de consumo para melhor atendê-lo. “Já sabemos da importância da omnicanalidade, mas muitas empresas já criaram suas estratégias. Elas estão investindo agora em trazer profissionais mais seniores para a equipe”, explica. 

Desafio para o ano 

O principal desafio para 2022 é a performance voltada a dados, isto é, como as informações adquiridas podem se transformar em negócios. “Há uma demanda de empresas que não fizeram a transição para o digital no passado e agora estão olhando para performance, reestruturando suas áreas com esse foco”, reitera Genis Fidelis. Apesar da reabertura do comércio, o mercado de franquias diminuiu por causa da economia e o varejo físico reduziu a mão-de-obra, refletindo na composição de suas equipes. 

Perfil profissional mais demandado 

As posições de marketing e digital têm demandado profissionais com perfil para liderar empresas de crescimento rápido. “O mercado muda muito e é preciso contratar profissionais mais resilientes, que trabalham de forma multidisciplinar e venham com experiência em mudança de modelos”, expõe Genis Fidelis.  

Muitas funções foram aglutinadas dentro das empresas, marketing passou a caminhar lado a lado com TI, por exemplo. "Isso exige não só um perfil técnico, mas que combine inteligência de mercado orientada ao business. É uma combinação de performance, branding, conteúdo e estratégia de omnicanalidade. No varejo, as empresas buscam um profissional mais conectado com a jornada do cliente, foco em atendimento em vendas e pós-venda. Muitas delas estão investindo no atendimento de pós-venda que não tinham antes”, diz Genis


As competências técnicas mais esperadas são capacidade analítica, análise de dados, foco no consumidor e impacto das ações no cliente. Em habilidades comportamentais, espera-se um profissional capaz de trabalhar em modelos diferentes, ter bom relacionamento, saber reportar, trabalhar em equipe e ser mais flexível. 

Cargos e setores em alta 

Marketing e Digital: 

  • Posições de liderança em marketing, principalmente em soluções SaaS (software as a service), com visão de negócio para amadurecer a estratégia; 

  • Com a área comercial mais abastecida, as empresas viram a necessidade de trazer mais profissionais seniores voltados ao produto e menos branding

  • Posições de Digital voltadas à performance; 

  • Analistas de marketing generalistas para dar suporte ao time. 

Varejo: 

  • Gerente de marketing para o varejo com foco na jornada do cliente até o pós-venda. 

Empresas de tecnologia ou com soluções via App, como no varejo de alimentação e mercado pet, são algumas das que mais contratam no momento. 

Remuneração e Benefícios 

“Houve um ajuste da remuneração dos profissionais mais demandados, pois as empresas estão preocupadas com retenção. Então, já contratam acima do mercado para reter. O benefício mais discutido é o do home office, principalmente em marketing e digital. Com as equipes em casa durante a pandemia, os profissionais passaram a valorizar esse modelo de trabalho e muitos se mudaram para o interior ou litoral. Há candidatos que só avaliam propostas 100% remotas. No varejo, há ainda uma resistência maior a esse modelo em função da operação de lojas e o corporativo deve seguir dessa forma”, finaliza Genis Fidelis

 

CONFIRA AS POSIÇÕES ABERTAS PARA MARKETING, DIGITAL E VAREJO 
EMPRESA, RECRUTE COM A PAGE

Join over 80,000 readers!
Receive free advice to help give you a competitive edge in your career.